Educação e “escola sem partido”

Comentário veiculado na Rádio Globo em 08/02/2019

O início do ano letivo é sempre uma boa oportunidade para debatermos nossa educação. Todos sabemos, mas nunca é demais reforçar: o Brasil ocupa as últimas posições no ranking do PISA, que mede o conhecimento dos alunos em matemática, ciências e línguas. No plano nacional, é o IDEB que avalia o ensino nas escolas, estados e municípios. Nos últimos 4 anos, Minas Gerais, que ocupava a primeira posição até 2013, despencou no ranking.

Em 2017, a nota do Estado para os anos finais do Ensino Fundamental era de 4,5, abaixo da meta estipulada. Na nossa região, um dos piores desempenhos nesse nível foi o de Tiradentes (3,4). Estavam abaixo da média estadual também São João del Rei (4,3) Santos Dumont (4,3) e Prados (4,4). Acima da média estavam Barbacena (4,8) e Ressaquinha (4,8), Dores de Campos (4.9) e Barroso (5).

Para melhorar a educação, uma das principais propostas, que hoje ganha relevância no país, é a do movimento Escola Sem Partido. O movimento briga para livrar as escolas, principalmente, da “doutrinação marxista”. É isso mesmo, quase 140 anos após a morte de Karl Marx, 102 anos após a Revolução Russa e 30 anos depois da que queda do muro de Berlim, alguns brasileiros querem começar a enfrentar o “comunismo”. Pare e pense, leitor e ouvinte, você se lembra de, em algum momento da vida, ter sido doutrinado por seus professores para lutar pela revolução comunista no Brasil?  

Não há dúvidas de que a nossa educação precisa melhorar, mas não será lutando contra moinhos de vento, não será desconfiando do trabalho e atacando a dignidade de nossos professores que encontraremos o caminho. Os nossos alunos não estão aprendendo as operações aritméticas básicas, nossos jovens não estão adquirindo as habilidades linguísticas mínimas para participarem do mercado de trabalho. O país e os nossos municípios não podem se dar ao luxo de gastar tempo e dinheiro com uma aventura quixotesca. Não agora, não no século XXI, não na era da economia da informação.

Para conhecer o IDEB de sua escola e de seu município, acesse: http://inep.gov.br/consulta-ideb

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s