Catástrofe financeira

Comentário veiculado na Rádio Globo e no Jornal Barroso em Dia em 4/1/19

O Estado de Minas Gerais encontra-se em situação de catástrofe financeira.

A cartada final da última gestão, na semana passada, foi o calote no décimo terceiro dos servidores públicos estaduais.

A tragédia atinge também os municípios. Desde março de 2017 o Estado vem atrasando os repasses constitucionais às prefeituras. Segundo a Associação Mineira de Municípios, o valor da dívida já ultrapassa 7 bilhões. Dentre os principais municípios credores, tanto em volume quanto em proporção da dívida em relação à receita local, estão Barbacena, Juiz de Fora e Muriaé.

Segundo o Tesouro Nacional, Minas Gerais é o pior Estado do país no cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. Projeção do Partido Novo mostra que, se nada for feito, as Despesas com Pessoal do Governo de Minas podem chegar a quase 100% das Receitas já em 2022.


Essa situação se dá apesar do aumento de impostos realizado entre 2015 e 2018. Subiu o ICMS do cigarro e das bebidas alcoólicas, mas subiu também o da energia elétrica e do combustível.

Em entrevista à Rede Globo na última quarta, o novo Governador, o magnata Romeu Zema, disse que um imprevisto jurídico o impedirá de cumprir a promessa de bloquear o salário dos secretários até a regularização do pagamento dos servidores. Na mesma entrevista, o Governador confirmou que não vai morar no Palácio das Mangabeiras. O que não está claro ainda é quanto custará transformar o Palácio em museu. Sobre a demissão dos servidores que não são concursados (recrutamento amplo), é importante destacar que, diferente do que muitos imaginam, essa parcela do funcionalismo representa apenas 1% do total de servidores estaduais. Sendo que a maioria deles (cerca de 1500) recebe salários entre 1.000 e 2.500 reais.


A situação é grave e vai demandar da nova gestão muito mais que discurso, pirotecnia e medidas simbólicas. A eleição passou e agora é hora do choque de realidade. A nós nos resta torcer e, claro, cobrar.

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s