Democracia e carnaval

As decisões sobre o carnaval deste ano em Barroso começaram muito bem, mas podem terminar muito mal. No início da semana a Prefeitura anunciou o resultado da consulta popular que definiu o local de realização da festa. A forma de escolha, mais que o conteúdo, foi um gol de placa para a democracia local. Na mesma semana, a Polícia Militar “determinou” o desligamento antecipado do som durante os dias do carnaval e proibiu o gênero musical funk. No segundo caso, a forma e o conteúdo foram completamente equivocados e, não por acaso, despertaram a ira dos cidadãos e foliões da cidade.

A enquete para definição do local do carnaval foi a primeira experiência de vulto no quesito democracia direta em nossa cidade. Há quatro anos, quando a festa mudou de lugar pela primeira vez, a Prefeitura fez muito bem em usar de transparência para explicar e justificar a sua escolha (e o investimento muitas vezes superior). Dessa vez, porém, o poder público deixou à cargo da própria população a escolha. Cabe destacar que o procedimento se deu de forma bastante transparente, segura, eficiente e barata. A quantidade de votos em nada retira o brilho da decisão, pois o mais importante é oferecer o poder de escolha às pessoas. Muitos cidadãos, como eu, simplesmente não têm uma preferência tão intensa por um ou outro lugar e, portanto, deixam(os) para que os amigos mais engajados decidam. O fato triste ficou por conta das tentativas de fraude, que não foram poucas. Com o tempo e o hábito, porém, a expectativa é por mais gente participando e menos gente trapaceando.

Se a enquete já pode ser considerada o ponto mais alto do carnaval 2017 (que ainda nem começou), a arbitrariedade das autoridades policiais, mais uma vez, parece ser o ponto mais baixo, pelo menos por enquanto. A proposta de encerrar a festa mais cedo não é apenas anti-democrática, uma vez que foi tomada de forma unilateral e sem nenhum tipo de consulta, ela é também muito pouco transparente, pois acontece sem que seja apresentada qualquer evidência de seu impacto para a redução da violência. Por sua vez, a proibição do funk é reveladora do preconceito generalizado da sociedade para com esse gênero musical e mostra também o certo desconhecimento de relações sociais de causa e efeito.

Entre erros e acertos a cidade vai caminhando. É sempre bom lembrar que o carnaval não é apenas uma festa popular, ele serve de metáfora e pode revelar os contornos menos evidentes, mas não menos relevantes, do lugar em que vivemos. Ainda falta 1 mês para a realização da festa, até lá é possível corrigir rumos e realizar um evento que possa abraçar melhor as expectativas e preferências dos foliões. O carnaval, e a nossa cidade, podem e devem ser mais democráticos, transparentes, livres, seguros e felizes para todos nós.

Anúncios

2 Comments Add yours

  1. Reinaldo fonseca diz:

    Antônio o seu texto é simplesmente fantástico. Só gostaria de fazer dois comentário. O primeiro em relação ao gênero musical. Esta proibição é mais antiga e foi demonstrada para mim através de relatório mostrando o quanto a juventude (sem generaluzar), infelizmente, aproveita do chamado Funk para mostrar a sua ira e espalhar o medo. O segundo comentário é em relação o horário. Não teve nada disto. Mais uma vez uma divulgação maldosa esta movimentando pessoas para o lado ruim. Tive uma reunião ontem com o Tenente Vigorito e o Capitão No no e mostrei para eles o que estão falando a este respeito em Barroso. Tomamos as decisões e vamos juntos divulgar isto na emissora de rádio Liberdade na terça feira.

    1. Excelente, prefeito!

      A principal lição das notícias e boatos da semana passada (esclarecidos hoje) é sobre a importância da transparência, da comunicação e do respeito pelo cidadão e pelas opiniões dos cidadãos. Nesses quesitos você e a sua administração estão brilhando.

      Grande abraço,

      Antônio Claret

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s