Tecnologia e sociedade

BlackMirrorTitleCard

As inovações tecnológicas, em seus múltiplos aspectos e por força de nossa cultura, quase sempre surgem envoltas em uma aura de positividade e, não raras vezes, vêm acompanhadas de adjetivos e ideias tais como “futurísticas” “modernas” ou “progressistas”. A série de TV britânica Black Mirror, criada por Charlie Brooker e agora disponível no catálogo do Netflix e no YouTube, busca problematizar os efeitos colaterais da tecnologia no presente e em um futuro não tão distante. O nome da série – espelho preto – parece fazer referência aos displays de nossos smartphones e tabletes quando desligados, mas seu fio condutor é o uso e as consequências da tecnologia em sua plenitude.

Os capítulos são independentes e os temas não são estranhos ao telespectador, pois os sentimentos e sensações não diferem daqueles vivenciados no cotidiano, em qualquer época e em qualquer lugar. Estão expostos: o amor, o ciúme, a vergonha, o medo, o ódio, a vingança e mais um sem número de emoções conhecidas. A trama que envolve o personagem do terceiro episódio da primeira temporada, por exemplo, em muito lembra a obsessão de Bentinho, narrador do romance Dom Casmurro de Machado de Assis, escrito há mais de um século.

Outro episódio marcante e que nos ajuda a refletir sobre o atual momento de disputas políticas é “The Waldo Moment”. Um comediante, por trás de um personagem de cartoon fictício, embarca na disputa política. O anonimato confere ao indivíduo dosagem suficiente de coragem e covardia para envenenar o ambiente político. Por meio de colocações superficiais, enviesadas e agressivas, o personagem vai, aos poucos, gerando tensões que acabam por inviabilizar uma disputa eleitoral minimamente sadia, séria e baseada em verdade. Ao fim e ao cabo, para além da apologia ao senso comum, ele não faz mais estimular um sentimento generalizado na sociedade de repulsa contra a política.

O convite que a série nos faz é o de tentar refletir sobre a condição humana, portanto sobre sentimentos, porém em um mundo definitivamente conectado. A série é feita sob medida para abalar a inabalável crença no progresso tecnológico e, ao mesmo tempo, provocar reflexões sobre as pessoas e sobre temas e dilemas onipresentes e atemporais em nossas sociedades.

A seguir, o Capítulo “The Waldo Moment” (com legendas em espanhol):

 

 

Anúncios

One Comment Add yours

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s