Repercussão das notas oficias (Lista de Janot – Operação Lava a Jato)

Repercussão das notas oficiais dos políticos relacionados na Lista de Janot – Operação Lava a Jato

Divulgação das notas via Facebook

Periodo: 06/03 (19h00) – 07/03 (23h59)

Comentários inicias e notas metodológicas:

  • As repercussões das notas oficias divulgadas pelos políticos relacionados na Lista de Janot (Operação Lava a Jato) é um indicador útil para a mensuração do apoio popular ou, pelo menos, do alcance das mensagem;
  • O Facebook é hoje o principal canal de comunicação e interação entre políticos e cidadãos. Dentre os relacionados na lista, 36 (76%) possuem perfil no Facebook, sendo 25 em atividade e 11 inativos (sem atualização há mais de 3 meses). Se considerados apenas os políticos em exercício de mandato, apenas 4 não possuem perfil no Facebook;
  • O coeficiente de correlação de Pearson (que mede o grau de correlação entre duas variáveis) é de 0,59 (moderada) para “número de amigos x repercussão total(RT)” (quanto mais próximo de 1, maior associação e quanto mais próximo de 0, menor associação). Quando desconsideramos o perfil do Senador Anastasia (recém empossado e ainda com poucos seguidores) para efeito do cálculo da correlação, o valor sobe para 0,73 (alta);
  • O cálculo da correção para as variáveis “Repercussão Total (RT) x Tempo de exposição da postagem” revela um resultado muito baixo (0,15), o que indica que o tempo em que a postagem permaneceu no ar (considerando as primeiras 28 horas) não esteve relacionado com sua repercussão;
  • Considera-se Repercussão Total o somatório do quantitativo das curtidas, comentários e compartilhamentos;
  • Considera-se Repercussão Restrita (positiva?) o somatório do quantitativo das curtidas e compartilhamentos;
  • Considera-se Repercussão Total Ponderada o quantitativo da repercussão total dividido pelo número de amigos (seguidores);
  • Considera-se Repercussão Restrita Ponderada o quantitativo da repercussão restrita dividido pelo número de amigos (seguidores);
  • A análise qualitativa do teor dos comentários não consta neste post, porém algumas características chamam a atenção: i) a proporção de comentários de apoio/condenação varia bastante dependendo do personagem; ii) a polarização PTxPSDB é bastante evidente nos comentários. Em geral, as pessoas atribuem a inclusão dos nomes de filiados desses dois partidos às manobras do partido opositor; iii) É extremamente comum que as pessoas invertam a lógica da justiça, solicitando aos investigados que provem a inocência. Assim, na percepção popular, os políticos brasileiros são todos culpados até que se prove o contrário.
  • Quaisquer críticas, comentários e sugestões são bem vindos. Para acessar a tabela (excel) com os dados, favor enviar um email para antonioclaret@gmail.com.
  • As conclusões são livres aos leitores do blog, favor expô-las nos comentários.

Gráfico 1. Compartilhamentos

compartilhamentos(1)

 

 

Gráfico 2. Curtidas

curtidas (2)

Gráfico 3. Comentários

comentários (2)

Gráfico 4. Amigos (seguidores)

amigos

Gráfico 5. Repercussão Total

repercussão total

Gráfico 6. Repercussão Restrita

repercussão restrita

Gráfico 7. Repercussão Total Ponderada

repercussão total ponderada

Gráfico 8. Repercussão Restrita Ponderada

repercussão restrita ponderada

Anúncios

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s