IDH Barroso

Atlas
Foi lançado ontem, na sede das Nações Unidas em Brasília, o Atlas de Desenvolvimento Humano do Brasil 2013. O Atlas revela a série história de evolução do IDH e de seus sub-índices através da consolidação dos dados dos Censos de 1991, 2000 e 2010. A grande relevância deste Atlas é a possibilidade de oferecer informações sobre os municípios brasileiros, ou seja, as unidades administrativas mais próximas da população.

De forma geral, os índices evoluíram de forma significativa em todos os estados e municípios brasileiros. Durante a década de 1990, o índice evoluiu 24,1% no Brasil, saindo do patamar de 0,493 (1991) para 0,612 (2000). Na década seguinte, o índice evoluiu 18,7%, alcançando o valor de 0,727 (2010). Apesar do IDH brasileiro ser considerado, na média, alto, ainda persistem muitas desigualdades regionais e intermunicipais. Os piores municípios brasileiros ainda se encontram em patamares de IDH de 0,4.

No Estado de Minas Gerais, o IDH, que no ano de 2000 era inferior à média brasileira, hoje já é superior, encontrando-se em 0,731, também considerado alto.

No caso de Barroso, os resultados revelam que a evolução do ÍDH entre os anos de 2001 e 2010 foi bastante positiva e mais relevante em comparação a década anterior. Os anos 90 foram muito ruins em termos de desenvolvimento humano para o município (ver seção ODM neste blog). Quando o ranking do IDH dos municípios é observado, percebemos que Barroso despencou da 885ª posição em 1991 para a 1529ª posição em 2000. Percebemos também na década de 90 a cidade sai de um patamar de desenvolvimento humano superior à média estadual e nacional para um patamar inferior à média do estado e do país. Ao longo dos anos 2000 a cidade, aos poucos, se recuperou. Atualmente, ocupa a 926ª posição no ranking nacional.

Índice de Desenvolvimento Humano

1991

2000

2010

Barroso  0.493  0.602  0.734
Minas Gerais  0.478  0.624  0.731
Brasil  0.493  0.612  0.727

Fonte: Atlas de Desenvolvimento Humano – Pnud/Ipea/FJP

Ao longo das próximas semanas exploraremos mais e melhor os resultados do IDH-M para Barroso.

Em tempo, a propósito do lançamento do Atlas de Desenvolvimento Humano, concedi entrevista ao canal das Nações Unidas. Esse e outros depoimentos podem ser vistos no vídeo que segue.

Anúncios

4 Comments Add yours

  1. Geraldo Napoleão Neto diz:

    Pelo jeito Barroso está cada vez melhor, de 2010 até 2020 então, a cidade vai superar em muito a média Nacional e a Estadual, afinal temos a maior fabrica de cimento do mundo sendo construída dentro de nossa cidade, seria possível ver algum índice de desenvolvimento e proteção ambiental também Antônio?

    Muito obrigado pelas informações!!!

    1. Acho que não deveríamos ficar contentes com a média. Barroso pode muito mais, temos plenas condições de lutar pelos 10 primeiros lugares de Minas e 100 do Brasil. Sobre meio ambiente, havia escrito este texto no ano passado, se quiser dar uma olhada, muita coisa permanece atual: https://antonioclaret.com/tag/odm/

  2. Nivaldo diz:

    estamos torcendo para que Barroso cresça ainda mais

    1. Oi Nivaldo, estamos sim! Torcendo muito para que cresça ainda mais.

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s