O Jovem e a Política

juventudeArtigo originalmente publicado no portal paixaoporbarroso.blogspot.com em agosto de 2011

“As revistas, as revoltas, as conquistas da juventude

 são heranças, são motivos para mudanças de atitude.”

(Humberto Gessinger)

A participação do jovem na política sempre foi muito polêmica. Não é rara a crítica ao seu comportamento alheio e desinteressado, apático diante de realidades chocantes como a corrupção e a ineficiência de determinadas ações governamentais. É inegável, entretanto, que a juventude sempre participou com muita energia em diversas ocasiões históricas, atuando com verdadeiro protagonismo, transformando o panorama político e social no Brasil e no mundo.

Não é possível compreender, por exemplo, a vitória da democracia sobre a ditadura nos anos 80 e o impeachment de Collor na década de 90 sem falar da mobilização e da luta dos jovens brasileiros. Igualmente não é possível compreender os atuais protestos pelos direitos dos imigrantes em Londres e a primavera árabe sem destacar o esforço juvenil em defesa dos ideais de liberdade e igualdade.

O fato é que, nos principais momentos de encruzilhada, a juventude reconheceu o seu papel transformador e agiu para garantir que a sociedade trilhasse o caminho da solidariedade e da justiça social. Nesse sentido, no momento em que se anuncia a grande revolução econômica a ser vivenciada pelos barrosenses a partir dos investimentos de expansão da Holcim, resta nos perguntarmos: qual será o papel dos jovens nesse novo contexto?

Definitivamente, a cidade que vai emergir desse processo revolucionário será uma cidade completamente transformada. Para que mude para melhor, o envolvimento dessa parcela da população é um elemento fundamental. Hoje o que se observa é um enorme destaque juvenil em diversas esferas sociais, desde o universo acadêmico até o profissional, passando pelos esportes; gincanas; jornalismo; produção cultural; publicidade entre tantas outras áreas. Esses talentos serão fundamentais para conferir mais dinamicidade e sustentabilidade à economia local. Existem, porém, novas fronteiras a serem exploradas pelos jovens no sentido de ampliar seu poder de participação e decisão nos destinos da cidade, dentre elas, a fronteira político-partidária.

No próximo mês encerra-se o período de inscrição partidária para aqueles interessados em concorrer ou participar mais de perto das eleições do ano que vem. Essa pode ser uma grande oportunidade para os barrosenses, pois a sociedade inteira ganha com uma presença maior dos jovens nos espaços públicos de poder. Em um momento de transformação tão importante como esse é fundamental ter coragem para inovar, aposentando a velha forma de se fazer política e oferecendo novas oportunidades a atores e idéias inovadoras. Para enfrentar os desafios futuros a cidade vai precisar de coragem; criatividade e entusiasmo, virtudes abundantes na juventude.

Anúncios

2 Comments Add yours

  1. Desculpe-me Antônio, Mas sou mais cético. Não vejo a juventude tão participativa nos destinos emblemáticos do país. Os jovens que você se refere no seu comentário, faz parte de uma pequeníssima parcela informada da população. Na ocasião do impedimento do Collor, foi mais uma mobilização orquestrada pela imprensa nacional em sintonia com a percepção popular.
    Transformação advinda da sociedade que todos nós esperamos, só após uma profunda transformação educacional e cultural. Nós estamos, infelizmente no estágio político latino-americano do populista salvador e transformador da pátria. Num sistema personalista e assistencialista que visa a perpetuação no poder. Se pensa em agir, pense numa alternativa que não comprometa seu ideal e, simultaneamente, avalie o que está acontecendo neste país.

    1. Luciano, você tem razão. É preciso ir muito além, a começar pelo sistema educacional. No entanto, creio que é minha obrigação de jovem ser otimista. Tenho muita esperança que uma nova forma de se fazer política ainda há de surgir, a começar por Barroso. É meu dever tocar esse bumbo sem parar. Você e Verinha fizeram sua parte no ano passado, fizeram uma campanha propositiva, uma campanha de ideais e creio que deixaram um belo legado. É preciso continuar, é preciso perseverar.

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s